Festa da Colheita é realizada na comunidade de Pontão da Boa União

Evento aconteceu na manhã deste sábado, 14/3, e reuniu agricultores e lideranças ligadas ao setor primário

Por Redação em 17/03/2020

   

(Foto: ClicSoledade)
Festa da Colheita é realizada na comunidade de Pontão da Boa União

Embora a preocupação com as perdas provocadas pela estiagem, foi realizada a tradicional Festa de Abertura da Colheita da Soja. O evento, promovido pelo Conselho Municipal da Agricultura, aconteceu no sábado, 14/3, na comunidade de Pontão da Boa União, no interior de Soledade, reunindo agricultores e lideranças do setor primário.

Na propriedade de Gilberto Gheller, o presidente do Conselho Municipal da Agricultura, Eduardo Ross Ceccon e o presidente da comunidade, Francisco Vivian, deram as boas-vindas aos presentes. Róger Terra, da Emater, fez uma fala passando informações sobre os encaminhamentos do seguro agrícola, e, por fim, simbolicamente dado início a colheita.

Já no salão comunitário do Pontão da Boa União, lideranças fizeram sua saudação. A vice-prefeita, Marilda Borges Corbelini, pontuou que está ao lado do homem e mulher do campo. “Naquilo que for possível, não pararemos de trabalhar para dar condições aos agricultores. Embora o momento difícil, conhecemos a bravura do agronegócio e vão superar isso”, garante.

O presidente da Sicredi Botucaraí RS/MG, salientou que o momento requer cuidado e não se pode fechar os olhos para esta situação. “Produtores rurais, vocês não estão sozinhos, é importante nos unirmos e estamos juntos, onde em meio a esta dificuldade vamos encontrar alternativas, por isso, conte conosco”, assinalou.

José Luiz Leite dos Santos, presidente da Coagrisol, reiterou a fala de que é preciso todos dar as mãos e superar esta crise. “Estamos juntos, lado a lado com o produtor, onde nesta união de forças venceremos mais esta. Contem conosco e estamos convictos de que as próximas safras serão positivas”, completou.

Por fim, o prefeito de Soledade, Paulo Ricardo Cattaneo, lembrou que aproximadamente 50% da economia do município vem do setor primário. “Temos que ter força, esperança e fé em Deus. Temos certeza que nossos agricultores vão arregaçar as mangas e trabalhar, seguindo em frente para superar esta dificuldade”, concluiu.



   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade