Vereadores de Soledade aprovam manutenção dos salários para próxima legislatura

Matéria foi a votação na sessão do dia 15/6, e aprovada por maioria, com sete votos a favor e cinco contrários

Por Redação em 17/06/2020

   

(Foto: Maurício Orsolin / ClicSoledade)
Vereadores de Soledade aprovam manutenção dos salários para próxima legislatura

Os atuais valores dos salários dos vereadores de Soledade serão mantidos para a legislatura 2021/2024. O Projeto de Lei nº 04/2020, que tratava sobre os subsídios dos edis e a verba de representação do presidente foi votado na sessão do dia 15/6, e aprovada por maioria, com sete votos a favor e cinco contrários.

O vereador Sérgio Rodrigues da Silva (MDB) apresentou uma emenda, onde sugeria a diminuição dos vencimentos para R$ 4 mil, sendo que para o presidente o valor ficaria em R$ 4,8 mil. Além do autor, a proposta teve apoio de Eduardo Tatim, Junior Berté, Ida Walendorff e Luiz Carlos Vizzoto, sendo que em votação, foi rejeitada por maioria, com 7 votos contrários.

A proposta aprovada é a de o salário mensal ser de R$ 5.347,88, sendo que para o presidente da casa há um acréscimo de 20% em razão da responsabilidade como gestor, ficando em R$ 6.417,46. Os reajustes anuais serão concedidos nas mesmas épocas e índices daqueles aplicados aos servidores públicos, ressalvando-se que não se aplica no primeiro ano de mandato.

Foram favoráveis os vereadores Gustavo Baldissera, José Elton de Moraes, Jorginei Sérgio de Souza, Juarez Moraes, João Francisco dos Santos, Ilânio Casagrande Guerra e Edson Ivo Stecker.

Na ocasião, também entrou em votação o Projeto de Lei nº 03/2020, que fixa os salários para o executivo, com a proposta de manter os atuais valores. A matéria foi aprovada por unanimidade, sendo que os vencimentos serão de R$ 11.312,68, R$ 6.787,61 e R$ 5.347,88 para prefeito, vice e secretários, respectivamente.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade