Soledade permanece na bandeira vermelha após análise de recurso pelo Estado

Informação foi divulgada pelo governador Eduardo Leite durante live na tarde desta segunda-feira, 29/6

Por Redação em 29/06/2020

   

(Foto: Reprodução / Facebook)
Soledade permanece na bandeira vermelha após análise de recurso pelo Estado

Após atualização do Governo do Estado das bandeiras do distanciamento controlado, se abriu o prazo para interposição de recursos e nesta segunda-feira, 29/6, houve o anúncio da decisão definitiva. Soledade, que pertence a região de Passo Fundo, permanece na bandeira vermelha, com restrições mais rígidas para diferentes atividades.

Conforme informado pelo governador Eduardo Leite, foram encaminhados 67 recursos, sendo que após análise técnica dos grupos de governo, foi mantido a decisão anunciada na noite de sexta-feira (26). “Queremos evitar o esgotamento da capacidade hospitalar, garantindo o atendimento a todos. Precisamos da colaboração de todos”, disse.

Especialmente para o comércio varejista não essencial, somente é permitido o atendimento por meio eletrônico e por telentrega. Informações mais específicas de cada um dos setores, com detalhes do que é permitido ou não, pode ser consultado no site www.distanciamentocontrolado.rs.gov.br. A manutenção da bandeira vermelha segue até dia 06/7.

Conforme é previsto no protocolo de distanciamento controlado, aqueles municípios que estão na bandeira vermelha e que não tem registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de algum morador nos últimos 14 dias e que mantenham rigorosamente atualizados os registros nos sistemas oficiais poderão adotar, por meio de regulamento próprio, protocolos para as atividades previstas na bandeira laranja.

Na região de Soledade, se enquadram na situação citada acima os municípios de Arvorezinha, Barros Cassal, Espumoso, Fontoura Xavier, Ibirapuitã, Mormaço e Tio Hugo. Estas cidades vão poder manter as atividades conforme previsto na bandeira laranja.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade